terça-feira, 3 de julho de 2012

Propostas para a Voz do Brasil

Resposta para Tribuna da Imprensa:

O programa poderia ser transmitido em horários alternativos (a flexibilização) ou ser mantido às 19 horas apenas nas rádios públicas. Ou quem sabe nas rádios públicas, nas educativas e nas comunitárias.

Se afirmam que muita gente pelo país afora tem apenas o rádio para ouvir mensagens institucionais e prestações de contas dos três poderes, é sinal de que os avanços sociais tão ufanisticamente celebrados não passam de uma farsa.

Uma das graças do programa era a execução de O Guarani, logo no início. Uma gravação que virou até motivo de chacota dos humoristas e dos críticos de qualquer governo. Mas aí tiraram a gravação, no ano de 2003. Colocaram uma xexelenta batucada feita com a obra de Carlos Gomes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário