quarta-feira, 11 de julho de 2012

Exposição Maldita 3.0 realiza coquetel de inauguração. Hoje haverá abertura para o público

Foi realizado ontem o coquetel de inauguração da exposição Maldita 3.0, sobre os 30 anos de inauguração da Fluminense FM. O coquetel foi aberto exclusivamente para convidados. Entre eles, ex-funcionários da Maldita, ouvintes e músicos de pelo menos duas bandas lançadas pela Fluminense FM: um da banda Água Brava e outro do grupo de reggae Cidade Negra, lançado pela Fluminense ainda na breve fase reggae que a rádio teve por alguns poucos meses em meados de 1989. Houve também a presença de Alexandre Torres, o presidente do Grupo Fluminense de Comunicação e concessionário das rádios Fluminense AM e Band News Fluminense FM (a ex-Fluminense FM). Repórteres de O Fluminense e da web TV do jornal também estavam presentes, fazendo reportagens e filmagens, e tirando fotos.

Eu também tirei algumas fotos. Elas ainda estão guardadas na máquina digital. Pretendo publica-las logo no TRIBUTO.

Cumprimentei Alessandro ARL, produtor e curador da exposição e também ex-operador de áudio da Fluminense FM em sua fase da década de 2000. Outra ex-funcionária da rádio a comparecer na exposição foi a locutora Selma Boiron.

Nos próximos dias, retornarei à exposição. Pretendo também comparecer aos painéis que serão promovidos no local.

Hoje a exposição será aberta à visitação de todo o público. O programa completo está aqui no blogue.

Nenhum comentário:

Postar um comentário